Conferência Internacional, Cidades do Futuro
Arquitectura Positiva

ARQUITECTURA POSITIVA procura o debate interdisciplinar das cidades.

ARQUITECTURA POSITIVA é uma marca propriedade do Grupo preceram que pretende reflectir sobre o papel da arquitectura nas principais questões do nosso tempo. Fomenta o debate sobre o ambiente, a arquitectura, a sustentabilidade, os materiais, a saúde e a inovação assente na interdisciplinaridade e na partilha de conhecimento. As Alterações Climáticas são a questão fundamental do nosso tempo. Outras preocupações como a segurança, a justiça, a economia, saúde ou a educação também constituem problemas que ameacem directamente a nossa sobrevivência. É obrigatório promover o diálogo multidisciplinar com vista a sensibilizar políticos, a modificar comportamentos, a corrigir trajectórias para um bem comum.

A 1ª conferência internacional - "O papel da Arquitectura na mudança ambiental - Cidades do Futuro" aconteceu em Lisboa em setembro de 2019 no Centro Cultural de Belém e procurou reflectir sobre o papel da arquitectura nas principais questões do nosso tempo: o impacto da arquitectura no planeta, a influência do clima na arquitectura, a sustentabilidade dos materiais, a segurança e o seu impacto na qualidade de vida das populações.

Agenda

Brevemente

Arquivo

PAINEIS

1ª Conferência Internacional

CIDADES DO FUTURO

O papel da Arquitectura na Mudança Ambiental, in 26 de setembro 2019

PROGRAMA

Descarregue o Programa (PDF)


PAINEL 1

CIDADES, DO PECADO À REDENÇÃO

Oradores:
Baltazar Nunes - Investigador auxiliar no Departamento de Epidemiologia do Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge, Professor auxiliar convidado na área de disciplinas de Estatística e Epidemiologia da Escola Nacional de Saúde Pública;

Marco Morais - Especialista em Sistemas de Informação Geográfica no Serviço Municipal de Proteção Civil de Lisboa

Susana Gonçalves - Directora do Departamento de Proteção Civil de Matosinhos

Leonel Sandoval – Arquitecto, Comissário da Ordem dos Arquitectos na Comissão Técnica da "Emergência e Catástrofes"

Com a Moderação Maria Anderson -Engenheira Geóloga, Presidente da ONG REDE, Técnica Superior no IPMA, Açores.

COMO FOI?
Descarregue PDF


Painel 2

ACUMULAÇÃO, ARQUITECTURA E CIDADE

Oradores:
Arq.º Bruno Gomes Marques - Arquitecto Coordenador da Comissão Técnica "Sustentabilidade, Energia e Conforto" da Ordem dos Arquitectos

Arq.ª Teresa Marat-Mendes - Arquitecta Professora Auxiliar de Arquitectura e Urbanismo no Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE-IUL). Investigadora do DINÂMIA'CET-IUL

Professor Daniel A. Barber - Arquitecto Professor na PennDesign, Universidade de Pennsylvania, Filadélfia, EUA.

Com a moderação do Arq.º Nuno Grancho. Investigador integrado pós graduado em Arquitectura e Urbanismo no DINÂMICA’CET-IUL Instituto Universitário de Lisboa.

COMO FOI?
Descarregue PDF

Painéis
Painel 1
Cidades, do pecado à redenção

Os fenómenos extremos são cada vez mais frequentes e prolongados. Assistimos este ano, em junho a uma onda de calor em várias regiões Europeias como França, Bélgica, Alemanha e Holanda, com temperaturas acima dos 40ºC, seguida em julho de nova onda de calor, que na sua movimentação provocou degelos em grande escala na Gronelândia e no Ártico.
Entre 2008 e 2014, uma média de 22,5 Milhões de pessoas por ano, foram deslocadas devido a inundações, deslizamentos de terras ou outras ameaças.
Confrontamo-nos com a consciência de que o sistema ambiental natural mudou, de forma irreversível, alterando a maioria das condições básicas que permitiram a vida na Terra.
Neste contexto, os edifícios, especialmente enquanto grandes consumidores de energia (mais de 40% do total do consumo de energia, 25% das emissões de gases com efeito de estufa e ainda 1/3 da emissão de carbono) têm especial responsabilidade.
Criou-se uma nova emergência, ao nível da complexidade dos riscos climáticos em que as cidades se tornaram as suas maiores vítimas, não só em virtude da severidade dos fenómenos físicos, mas também pela maior exposição que adquiriram, ao se densificarem por diversas razões económicas em zonas costeiras, leitos de cheia, regiões de mão-de-obra barata.
Políticos, investigadores e gestores dialogam com o território, disponibilizam indicadores, num esforço para que o conhecimento possa sensibilizar actores para a vertigem da mudança.

Painel 2
Acumulação, Arquitectura e Cidade

O tempo presente é de acumulação: não apenas de capital, mas igualmente de matéria-prima, muitas vezes crua; desde plástico no oceano e carbono na atmosfera, a acumulação de pessoas, de edifícios e de cidades. Neste painel serão promovidas a reflexão e a cocriação de alternativas viáveis para uma arquitectura e urbanismo de compromisso com as gerações futuras, que façam a urgente transição para padrões ambientalmente sustentáveis e socialmente justos. Os seus participantes irão partilhar os seus pontos de vista específicos num debate abrangente, identificando a adopção e o retorno à natureza fundamentalmente transdisciplinar da arquitectura, do urbanismo e do ambiente. Daniel Barber irá abordar o tema da arquitectura do conforto ambiental desde meados do século XX até à actualidade e Teresa Marat-Mendes irá abordar o tema da sustentabilidade nos habitats humanos das cidades.

Parceiros
Foto Ordem dos Arquitectos
Ordem dos Arquitectos

A Ordem dos Arquitectos é a associação pública portuguesa para a profissão de arquitecto e para a arquitectura.

Foi criada em 1998, através do Decreto-Lei nº176/98, de 3 de Julho, sendo fiel depositária de uma longa história associativa cuja origem formal remonta a 1863.

Representa todos quantos exercem a profissão de arquitecto em Portugal - mais de 20 000 portugueses e estrangeiros - e regula o respectivo exercício. De igual modo, promove e defende a arquitectura dentro e fora de fronteiras.

A OA tem sede nacional em Lisboa e sedes regionais no Porto e em Lisboa, onde funcionam as respectivas Secção Regional do Norte e Secção Regional do Sul. Tem, também, Delegações e Núcleos em todo o País.

Ao promover e defender melhores condições para o exercício da profissão de arquitecto, a Ordem dos Arquitectos procura garantir a qualidade e sustentabilidade do ambiente construído em Portugal, enquanto direito e bem-comum de todos os portugueses.

www.arquitectos.pt

Grupo Preceram

Com origem no negócio da cerâmica estrutural, o Grupo Preceram, de capital nacional e natureza familiar, abarca hoje seis unidades de produção distintas na zona centro de Portugal.

A sustentabilidade está presente em todos os processos e ciclo de vida dos materiais de construção fabricados pelas empresas do Grupo Preceram: desde a obtenção da matéria‑prima à reciclagem no pós-obra. Conciliar o progresso e o crescimento económico com uma adequada preservação e protecção do meio ambiente é um objectivo declarado do Grupo.

Todo os produtos são desenvolvidos para serem soluções que tragam mais-valia para a arquitectura e para as pessoas. É de extrema importância que, na construção de edifícios, se escolham os materiais mais adequados, que contribuam para a saúde e bem estar e promovam a redução dos consumos de energia.

A Preceram - Indústrias de Construção, S.A. (empresa que deu origem e denominação ao grupo) e a Preceram Norte - Cerâmicas, S.A. são as maiores produtoras de tijolo cerâmico em Portugal.
https://www.preceram.pt

A Argex - Argila Expandida, S.A. é uma moderna unidade industrial que produz argila expandida de alta qualidade.
http://www.argex.pt

A Só Argilas - Comércio de Barros, S.A. dedica-se à exploração, extracção e comercialização de argilas em bruto e de barros preparados.
https://www.soargilas.pt

A Gyptec Ibérica - Gessos Técnicos, S.A. dedica-se à produção de placas de gesso através de métodos não poluentes e ambientalmente sustentáveis.
https://www.gyptec.eu

A Volcalis - Isolamentos Minerais, S.A. dedica-se à produção de lã mineral através de um processo produtivo absolutamente inovador e único em Portugal.
https://www.volcalis.pt

Ficha Técnica

Coordenação e Marketing: Ordem dos Arquitectos
Direcção técnica: Maria Anderson e Nuno Grancho
Design: DDLX, studio
Parceiro divulgação: TSF
Arquitectura Positiva é um evento propriedade do Grupo Preceram

Textos sem acordo ortográfico